domingo, 26 de fevereiro de 2012

PESSOAS CETÁCEAS


Pessoa é um ser dotado de auto-consciência, autonomia moral e sociabilidade. Pessoa pode ser um ser não-humano (animal, extra-terrestre ou máquina) dotado de moral e sentido de responsabilidade. Um ser com direitos e obrigações.

“Os golfinhos merecem ser tratados como "pessoas" não-humanas, cujos direitos à vida e à liberdade devem ser respeitados, é o que foi dito por cientistas em reunião no Canadá.

Um pequeno grupo de especialistas em filosofia, conservação e comportamento dos golfinhos angariam apoios para uma "Declaração de Direitos dos Cetáceos".

Eles acreditam que os golfinhos - e as suas primas baleias - são suficientemente inteligentes e auto-conscientes para justificar as mesmas considerações éticas dadas aos seres humanos.

Reconhecendo os direitos dos cetáceos significaria o fim da caça às baleias e os cativeiros de golfinhos e baleias, ou a sua utilização como entretenimento.

O movimento é baseado em

anos de pesquisa e tem demonstrado que golfinhos e baleias têm grandes cérebros complexos e um nível semelhante à humana de auto-consciência.

Isto levou os especialistas a concluir que, embora não-humanos, golfinhos e baleias são "pessoas" num sentido filosófico. Isso tem implicações de longo alcance.” in http://abaldwin360.tumblr.com/post/18025105654/dolphins-are-people-say-scientists



Entretanto na vetusta e civilizada Europa a barbárie ainda persiste em nome da tradição.

O abominável massacre de baleias-piloto é um costume anual das Ilhas Feroe que, embora façam parte da Coroa Dinamarquesa, possuem enorme autonomia legislativa, pelo que nem a Dinamarca nem a União Europeia têm autoridade para pôr termo à infame chacina.

7 comentários:

Serginho Tavares disse...

acho que não apenas os golfinhos e baleias, mas todos os animais.
eles são mais "pessoas" que todos nós!

São disse...

Se fossem árabes ou africanos seriam designados insultuosamente. Assim são civilizados.

E pensar que a pesca à baleia foi proibida nos Açores!!!!

Bons sonhos

Lobo disse...

Se as pessoas parassem um pouco para ler os milhões de estudos que existem ai sobre baleias e golfinhos, iam se sentir eram muito menos gente que eles.

Beijo Mandrag

Cores da Crise de meia idade! disse...

Essa notícia me deixou feliz da vida!
Finalmente a hegemonia do HOMEM começou a ir ladeira a baixo!

UN VOYAGEUR SANS PLACE disse...

A mataça das baleias e golfinhos, como as demais caçadas e matanças que se encontra por aí, são apenas a ponta do iceberg das crueldades que o homem inflige aos animais.

Como disse o Milan Kundera: "Com relação ao tratamente dado aos animais, todo homem é um nazista".

As culturas humanas têm como moralmente aceitável o domínio sobre as outras espécies de seres vivos. Nossa ética é toda ela falha nesse assunto.

PS.: Já pensei em ser vegetariano, quem sabe um dia eu consiga :)

Thiago disse...

Eu não sabia desse "esporte" das Ilhas Feroe, estou chocado!É um massacre mesmo o mar ficou vermelho um horror...

Leika Horii disse...

É sempre complicado julgar outra cultura... mas, argh~!