sábado, 7 de julho de 2012

PELUDINHO



Magrinho, baixinho, mesmo a minha medida. E sem as pernas e os braços rapados! Contrariando a moda e tendência, por estas bandas. Peludo como um homem deve ser, se o for naturalmente.

Não que um homem tenha de ser obrigatoriamente peludo. Não é a quantidade de pêlos que define ou indica, a virilidade dum homem. Nem é pelo facto de ele se depilar que vai ficar menos macho. Contudo eu prefiro um homem ao natural. Com mais ou menos pêlos mas, sobretudo, como ele mesmo é. Não sou muito simpatizando de certos extremos dessa vaga de metrossexuais, que parecem mais bonecos de capa de revista que gente de verdade.

Ok! Ele tinha umas madeixas louras no cabelo negro, que lhe iluminavam a cabeça e o rosto bonito. E daí? Isso em nada desmerecia a sua masculinidade.

A profusão de acessórios ou artefactos, que um homem possa ostentar, não macula a sua virilidade. Sempre o ser humano utilizou a arte de se maquilhar como interventora social. O aspecto pessoal tem um significado simbólico nas relações inter-sociais. E em várias culturas ancestrais cabe ao homem o dever de se adornar tornando-se mais exuberante e cativante. Tal como certas espécies animais.

Calção e camisa desportiva. Chinelos de borracha nos pés bonitos. Carregava as compras que trazia do supermercado. Dava até para adivinhar o seu companheiro esperando-o em casa, com o almoço já quase pronto.

Vida conjugal é assim; partilha de tarefas.

7 comentários:

Eliezer Coimbra Mattos disse...

Eu adorei esse texto! Lindo demais! No meu blog, falo de beleza masculina também. Trata-se de um blog meio biográfico, meio estranho. kkkkkkkk... Algumas crônicas.

http://oincompreensiveluniversogay.blogspot.com.br/2012/07/verdadeira-beleza-masculina-sem.html

Meus parabéns! Queria escrever assim.

Paulo Roberto Figueiredo Braccini . Bratz disse...

Calção e camisa desportiva. Chinelos de borracha nos pés bonitos. Carregava as compras que trazia do supermercado.

Cara como esta imagem me tesa!!!

São disse...

Estamos de acordo, meu bem....

Abraço enorme.

Serginho Tavares disse...

Estamos quase de acordo, porque até gosto de pêlos se for assim como você é mas se for naturalmente peludo como o Tony Ramos já não é mais homem, é animal e não curto zoofilia!

Margot disse...

Gostei da crônica Man... ficou bonita, natural...feito o homem citado.
Abraços

Raphael Martins disse...

Cada um com seu fetiche...
No me gusta peludos... rs

Junnior disse...

Bela crônica. Como sempre, visualizada através das letras. Bjaum, querido.