domingo, 20 de outubro de 2013

O PROBLEMA



Não! Não é o dinheiro! O problema, o mal, é a ganância desmesurada, por trás dos grandes interesses empresariais. O problema é as pessoas não entenderem que o dinheiro é um veículo de interacção e relacionamento humano.

Quando os governantes se deixam manipular pelo empresariado, numa perspectiva eleitoralista, convertendo a política e governação, num mero jogo de interesses corporativos, então o povo está votado à miséria duma existência ignóbil e a memória da nação é descartada como lixo.

Em pleno século XXI, depois do advento das ciências e de todo o saber e conhecimento que elas aportam, ainda continuamos a ser governados por ideologias abstractas, que se digladiam sem o mínimo respeito por aqueles que dizem representar e defender.

2 comentários:

Douglas S.M disse...

A era das bestas é essa, Barão.

São disse...

Substituíram o divino pelo matérial, , divinizando-o.


Não olham a meios para atingir os fins.

Passa pelo "SÃO", sim?


Bons sonhos, meu bem