quinta-feira, 19 de maio de 2011

FAZENDO BONITO


Haas e Hahn

Dois holandeses sonharam trazer arte e beleza às favelas do Rio de Janeiro.



Afinal, é possível fazer bonito e viver com mais qualidade.

8 comentários:

São disse...

Que coisa mais linda!!

Um abraço para ti.

Junnior disse...

Eu lembro deles e me encantei com o trabalho no morro Dona Marta, em Botafogo. Até passei por lá pra ver no ano passado.
O 'sonho' deles se transformou no projeto Favela Painting e na Fundação Firmeza. Só não sei se, de lá pra cá, outros trabalhos foram realizados pela Fundação.
Bacana vc ter lembrado disso, Man.
Bj.s

Lobo disse...

Com certeza, muito melhor tudo coloridinho do que aquele mar de cimento e tijolos sem embolso.

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente muito bonito. Tudo pode mudar com um pouco de arte.
Bjux

Beth/Lilás disse...

Eu acho isso fantástico e tomara que todas as comunidades sejam cobertas pelas tintas desses homens maravilhosos e sensíveis que tiraram a face medonha, triste e pobre desses lugares com luz e cor.
Adoraria ter feito este post, aliás já tinha imaginado certa vez, mas acabei esquecendo-me.
bjs cariocas

Paulo Braccini disse...

mas precisava de dois gringos saírem de suas terras para fazer isto aqui? isto é super bacana mas onde estão a sensibilidade e a boa vontade de nossos compatriotas?

Mari disse...

Se Deus quiser, será um projeto-exemplo. Ficou mesmo lindo! Todos ficam mais contentes respirando arte e um pouco de beleza à volta. Mesmo com desenhos traços tão simples... Basta uma nova plantinha em casa pra dar um ar diferente ao ambiente.
Lindo! Lindo! Adorei!

Serginho Tavares disse...

Não é porque a pessoa é pobre e mora na favela, ops, comunidade, que precisa morar num lugar feio!
Pena que tem que ser alguém de fopra do Brasil pra mostrar isso pro povo!

Beijos meu amor