segunda-feira, 18 de outubro de 2010

DIA DO MÉDICO

Dizia um médico português (cujo nome não me lembro agora): “Saúde é um estado passageiro que não augura nada de bom.”

Eu não sou dado a efemérides (nem o meu aniversário gosto de tornar público), mas o meu amigo Orlando, sempre atento, vai-me lembrando o que se passa pelo mundo. Hoje ele enviou-me um email com algumas homenagens a esses que nos acompanham nos maus momentos desde o nascimento até à morte (na grande maioria dos casos estando mesmo presentes em ambas as ocasiões)

Diz um médico para outro:



- Esse paciente deve ser operado imediatamente.



- O que tem ele?



- Dinheiro.


O paciente está deitado na cama, e no mesmo quarto estão também o seu médico,
o advogado, a mulher e os filhos.
Todos eles esperam pelo último suspiro, quando de repente, o paciente
senta-se, olha em volta e diz:



- "Assassinos, ladrões, ingratos, canalhas”.



Volta a deitar-se na cama e então o médico, confuso diz:



- Eu acho que ele está a melhorar.



- Porque é que diz isso, doutor? - pergunta a esposa.



- "Porque ele reconheceu-nos a todos”


Eles estavam a operar um doente. Quando de repente entra outro médico na
sala de operações e grita:



-Parem tudo! Parem o transplante. Há uma rejeição!



- Uma rejeição? Do rim, doutor? – pergunta um dos médicos.



- NÃO! Do cheque !.... O cheque não tem cobertura!


Uma mulher fez plásticas de tudo: nariz, pescoço, mãos, pele, facial, etc.
No pós-operatório o cirurgião pergunta:



- Então, senhora? Quer mais?



- Sim. Gostaria de ter os olhos maiores e mais expressivos.



- Nada é mais fácil, minha senhora. Enfermeira, traga a conta por favor!

No pós-operatório:



- Doutor, eu entendo que o senhor esteja vestido de branco, mas tanta luz porquê?



- Meu filho, eu sou São Pedro …


- Doutor o que eu tenho é grave?



- Não se preocupe. Qualquer dúvida vamos esclarecer na autópsia.

7 comentários:

Glorinha L de Lion disse...

KKKKKKKKKKKKK Muito boas amigo, nada como rir um pouco das coisas ruins da vida. Minha homenagem aos médicos de bom coração que ainda conseguem resguardar sua humanidade.Beijos.

Serginho Tavares disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

adorei todas
infelizmente é mesmo muito difícil achar um médico que não seja ganancioso ou mesquinho!

Leika Horii disse...

Fiquei pensando sobre a profissão de médico, como prevenção quase não existe... de modo geral, vc passa o dia, atendendno a desgraça alheia.Complicado.

abraços

FADINHA disse...

Pois é, amigo!
Médicos são pessoas que necessitam de muito equilíbrio para lidar com os percalços humanos. Pena que poucos conseguem manter esse equilíbrio.
É "a doença da saúde", lembra?
Mas, vamos ter fé que a minoria prevaleça e o bem sobressaia, sempre.
Bjs

Mari disse...

Profissão do meu irmão querido, que é muito bem quisto por todos. Ele é super dedicado e ajuda muita gente. O orgulho de nossa família; ia pra faculdade de bicicleta pra economizar o dinheiro da passagem, e apesar das dificuldades se formou, graças ao seu esforço. Não conheço pessoa mais esforçada que ele; por isso ama a sua profissão.

Se todo médico se eforçasse tanto quanto ele, talvez seriam profissionais melhores...o problema é que muito filhinho de papai sem nenhum dom entra na faculdade por status, não por coração.

Lobo disse...

Ahauahauahau Adorei!

Porque né? Se não quisermos morrer na fila dos públicos, temos que nos sujeitar a isso XD.

Beijos Mandrag!

São disse...

O médico é cirurgião, faz transplantes , sportinguista e se chama Eduardo Barroso.

A esposta foi dada a Macário Correia há anos.

Beijinhos ilones.