sexta-feira, 15 de abril de 2011

LAMENTO II (AS DESCULPAS)

Venho apresentar as minhas desculpas pelas dificuldades que alguns de vós encontraram ao tentarem visionar o vídeo que anteriormente publiquei no post "Lamento". Na verdade aquele em torno do qual construí o artigo foi removido do servidor de internet, pelo que se perdeu toda a expontaneidade conseguida pela leitura das imagens desse vídeo.
Tentando reparar essa falha venho aqui deixar a letra da canção, enviada com voluntarioso carinho pelo meu amigo Orlando.
"Tell me why..."
In my dreams children sing
A song of love for every boy and girl
The sky is blue the fields are green
And laughter is the language of the world
Then I wake and all I see is a world full of people in need

Tell me why, does it have to be like this
Tell me why, is there something I have missed
Tell me why, I don't understand
When somebody needs somebody
We don't give a helping hand
Tell me why

Every day I ask myself what I have to do to be a man
Do I have to stand and fight
To prove to everybody who I am
Is that what my life is for
To waste in a world full of war

Tell me why, does it have to be like this
Tell me why, is there something I have missed
Tell me why, I don't understand
When somebody needs somebody
We don't give a helping hand
Tell me why
Tell me why
Tell me why
Just tell me why

Tell me why, does it have to be like this
Tell me why, is there something I have missed
Tell me why, I don't understand
When somebody needs somebody
We don't give a helping hand
Tell me why
Tell me why
Tell me why
Just tell me why

Why why, do the tiders run
Why why, do we shoot the gun
Why why, do we never learn
Can someone tell us why we cannot just be friends
Why Why.

Tradução:
"Digam-me Porquê..."
Em meu sonhos, crianças cantam
Uma canção de amor para cada menino e menina
O céu é azul os campos são verdes

E o riso é a linguagem do mundo
Então eu acordo e tudo o que vejo é um mundo cheio de pessoas necessitadas

Digam-me porquê, isto tem que ser assim?
Digam-me porquê, há algo que me escapou?
Digam-me porquê, eu não entendo
Quando alguém precisa de alguém
Nós não damos uma mãozinha de ajuda
Digam-me porquê

Todos os dias eu me pergunto o que tenho de fazer para ser um homem
Tenho que ficar e lutar
Para provar a todos quem eu sou?
É para isso que minha vida serve?
Para me resignar num mundo cheio de guerra?
Digam-me porquê, tenho de ser assim?
Digam-me porquê, há algo que me escapou?
Digam-me porquê, eu não entendo
Quando alguém precisa de alguém
Nós não damos uma mãozinha de ajuda
Digam-me porquê
Digam-me porquê
Digam-me porquê
Digam-me apenas porquê

Porquê porquê, as más notícias correm
Porquê porquê, vamos disparar a arma?
Porquê porquê, será que nunca aprendemos?
Alguém nos pode dizer porque não podemos ser amigos?
Porquê? Porquê?

4 comentários:

Serginho Tavares disse...

Faço as mesmas perguntas...
Uma linda canção com uma linda mensagem!

Beijos meu amor

Wanderley Elian Lima disse...

Olá menino
Uma letra autamente questionadora.
Porque as coisas não podem ser diferentes? Só depende de nós.
Bfs
Bjão

Paulo Braccini disse...

Porquê! sempre o Porquê!

Junnior disse...

Tá desculpado (rs). Eu conheço a canção e, acompanhando a letra, forcei a memória pra buscar a melodia e cantarolar, mas não consegui.
Bju.s