terça-feira, 19 de julho de 2011

FUTEBOL



Aos 34 anos de idade e com 16 anos de empregado dum famoso clube de futebol português, Nuno Gomes acaba de requerer a Pensão a que tem direito, no valor mensal vitalício de 12.905 euros mensais.
Contudo, um trabalhador normal tem de trabalhar até aos 65 anos e ter uma carreira contributiva completa durante 40 anos para obter uma reforma (aposentadoria, Br) de 80% da remuneração média da sua carreira contributiva.

6 comentários:

Serginho Tavares disse...

enfim, parece que hoje em dia estudar não vale mais nada! que horror isto tudo!

Junnior disse...

Precisa, além de saber jogar bola, claro, saber dançar também. Pelo menos aqueles passinhos ridículos que fazem em campo.
Quem possui tais características, pode-se dizer que tem muito mais chances de se tornar um milionário.
O praticantes de outros esportes, que não do futebol, precisam se espelhar neles para ganharem mais notoriedade e dinheiro.
Aff, é melhor nem dar ideia.
Bks.

Beth/Lilás disse...

É um ultraje total e parece que Portugal reza na mesma cartilha do Brasil nisto.
Aff!
abs carioca

Lobo disse...

Nem que fosse uma justiça por uma divisão igualitária entre os esportes. Handebol é tão mais legal, e aqui no Brasil os atletas só faltam morrer de fome =/

Leika Horii disse...

São essas as profissões que valorizamos hoje...

Hürrem disse...

É triste isso mesmo, é a valorização da vulgaridade e da ignorância!! Abraços