segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

OSCARES

E tudo parou para assistir a mais uma demonstração do imenso narcisismo hollywoodesco. Aquilo não é um festival de cinema! Não passa dum mero desfile de vaidades e auto-promoção duma cultura decadente.

Não entendo como pode ficar meio mundo na expectativa dum eventozinho ianque de trazer por casa. Há tanta coisa boa neste mundo para ver e o pessoal ludibriado com falsos faustos encenados para iludir pacóvios!

E assim se vai disseminando esta criminosa e sub-reptícia cultura da subordinação aos interesses imperialistas estado-unidenses.

6 comentários:

Serginho Tavares disse...

americanos adoram premiar é a forma que eles encontraram para se sentirem grandes e senhores do mundo!

São disse...

Aplaudo de pé!

Boa semana, lindo

Beth/Lilás disse...

Tenho que concordar contigo, amigo, pois é mesmo uma fogueira das vaidades, onde nem sempre os melhores são os que ganham a tal estatueta.
Faz tempo perdi a vontade de assistir este prêmio, acho que alguma coisa neste sentido foi entrando em mim e por isso me afastando.
abs carioca

Mari disse...

Eu confesso que assisti. Sou bastante interessada no cinema atual.

Mas claro que to contigo, o Oscar não é uma premiação séria. É um show, um eventozinho chique de terceira, aonde por poucas vezes os que realmente merecem ganham.

Mais um ano de Oscar, mais uma decepção pra mim.

Ao tapete vermelho já não assisto. Total perca de tempo. Espero pelas premiações, mas as apresentações tem sido muito enfadonhas!

Enfim,amigo. Concordo contigo que está decadente o cienema americano.

Obs: consegui escutar as músicas do Queem, e adorei! Mt obrigada!

Paulo Braccini disse...

Dizer mais o que? Só aplausos ...

;-)

António Rosa disse...

É a dicotomia de sempre: amamos o cinema. Mas como aceitar o 'circo'? Este ano segui pelo Serginho. É um local lúcido e não perdemos o pé.