segunda-feira, 1 de agosto de 2011

EU SOU "O PORTUGUÊS"

Já faz dois anos que cheguei ao Brasil, aqui a Recife e desde então perdi o meu nome para ser chamado de “O Português”. Mais fácil que fixar um nome é lembrar a condição de estrangeiro e então passei a ser designado por uma qualidade e não pela minha identidade. De tal modo as pessoas se desinteressaram de designar-me pelo meu nome (que até é bem fácil de fixar, por ser dos mais tradicionalmente portugueses e ser epíteto de português no anedotário brasileiro) que agora quando querem chamar-me correctamente não se lembram e já têm vergonha de perguntar. Enfim, não vou comentar, tão pouco referir qual a designação de tal hábito.

E como hoje é o septuagésimo aniversário do Ney Matogrosso...

12 comentários:

Serginho Tavares disse...

Pois é... o brasileiro prefere alcunhas do que o nome real das pessoas mesmo muitas vezes tais alcunhas serem mais difíceis de pronuciar que os nomes destas!
Vai entender esse povo!

Beijos meu amor

Beth/Lilás disse...

Muito prazer Manoel, ou será Joaquim?
Bem, mas o que interessa mesmo é que és um gajo bonito e simpático, fora isso muito inteligente, portanto que seja o português, Joaquim ou Manoel. rsss
Sabes, eu acho que tens uma certa mágoa de tanta idiotice dos brasileiros, então quem sabe se mudasse de ares não era melhor? Porquê não se muda aqui pro Rio, acho que por aqui as pessoas estão mais acostumadas com os portugueses e os entendem melhor.
Apenas uma idéia viu.
grande abraço carioca

Leika Horii disse...

Na faculdade isso é bem comum tb, aqui em São Paulo sempre tem o minero, o carioca...

Wanderley Elian Lima disse...

Olá amigo
As vezes um apelido sobrepõe ao nome.
Obrigado pelo carinho.
Bjux

Cores da Crise de meia idade! disse...

Respira homem , que o nome só tem a forma e nada de conteúdo!
bjs

LusoBoy disse...

E se chega um outro português lá se vai a tua identidade :S.

Hürrem disse...

Amigo ManDrag,

Entendo perfeitamente a tua tristeza com esse costume brasileiro, que muitas vezes pode até soar como xenofobia ou algo do gênero. Mas tenha a certeza de que não se trata disso, de ser xenófobo, é que como o brasileiro é um ser informal na maioria das vezes, tem esse costume de chamar por apelidos, ou pela designação da nacionalidade da pessoa, e não pelo seu nome correto. Mas não é por mal que fazem isso, a maioria das pessoas pensa que fazendo isso, gera uma aproximação maior com aquela pessoa, no teu caso, é mais íntimo falar que conhecem o português do que falerem que são amigos do Manoel, percebe a diferença sutil da coisa? O português é mais íntimo que o Manoel. Veja eu mesma, que sou natural do Rio Grande do Sul, as pessoas nos chamam de gaúchos e não pelos nossos nomes muitas vezes. Porque é mais fácil falar sou amigo da fulana, mas que fulana? A gaúcha. Percebes? Tenha a certeza que os brasileiros não fazem isso com o intuito de ofender a ninguém! Abraço com amizade.

Glorinha L de Lion disse...

Oi Man Drag, adorei te conhecer tb! És um rapaz muito simpático e bonitão. Te imaginava tão diferente! Olha só, essa coisa de chamar as pessoas pelo lugar de onde são é comum...outro dia vi a entrevista do valter hugo mãe na Flip e ele contava sobre os "brasileiros" que foram morar em sua cidade....todos na aldeia se referiam a eles assim...Portanto não é só um hábito de cá e nem sempre, aliás acho que não é pejorativo, mas uma maneira de caracterizar uma pessoa que não é dali...Achei essa tua foto olhando o mar linda...me deu saudades de Recife...cidade belíssima, beijos amigo portuga (com carinho),

Paulo Braccini - Bratz disse...

liga não amigo ... eu até gosto de apelidos ... rs

São disse...

Meu bem , isso se chama de preconceito para não dizer xenofobia....

Abraço, Amigo. Solidário e saudoso.

Diogo Didier disse...

Q legal! não sabia que vc era da minha terrinha! então, estamos mais próximos do que nós imaginávamos neh?! bjoxxxxxxxxxxx querido!

Ramarago disse...

Manuel, Manelito, Mánoel ("gajo" bonito!!!! loooooooool & bem falante na escrita), sabes que no mundo somos sempre diferentes no espaço em que habitamos... sabes que também os nossos irmãos Brasileiros descendem geneticamente do nosso pior gene, por isso acabam por ter aquilo em que somos melhor que nas outras especies humanas não têm, que é a genorisidade impirica natural e pura. Não sabem o teu NOME, mas sentem que TU és...