domingo, 21 de agosto de 2011

DE BOAS VONTADES...

Recebi por email um texto que supostamente seria uma carta enviada por Abraham Lincoln ao professor do seu filho. Não me foi possível confirmar a autenticidade da autoria atribuída, mas de modo nenhum isso desvirtua ou enaltece o conteúdo do texto, que por o julgar interessante como mote de reflexão aqui o compartilho convosco.

"Caro professor, ele terá de aprender que nem todos os homens são justos, nem todos são verdadeiros, mas por favor diga-lhe que, para cada vilão há um herói, que para cada egoísta, há também um líder dedicado, ensine-lhe por favor que para cada inimigo haverá também um amigo, ensine-lhe que mais vale uma moeda ganha que uma moeda encontrada, ensine-o a perder, mas também a saber gozar da vitória, afaste-o da inveja e dê-lhe a conhecer a alegria profunda do sorriso silencioso, faça-o maravilhar-se com os livros, mas deixe-o também perder-se com os pássaros no céu, as flores no campo, os montes e os vales. Nas brincadeiras com os amigos, explique-lhe que a derrota honrosa vale mais que a vitória vergonhosa, ensine-o a acreditar em si, mesmo se sozinho contra todos. Ensine-o a ser gentil com os gentis e duro com os duros, ensine-o a nunca entrar no comboio simplesmente porque os outros também entraram. Ensine-o a ouvir todos, mas, na hora da verdade, a decidir sozinho, ensine-o a rir quando estiver triste e explique-lhe que por vezes os homens também choram. Ensine-o a ignorar as multidões que reclamam sangue e a lutar só contra todos, se ele achar que tem razão. Trate-o bem, mas não o mime, pois só o teste do fogo faz o verdadeiro aço, deixe-o ter a coragem de ser impaciente e a paciência de ser corajoso. Transmita-lhe uma fé sublime no Criador e fé também em si, pois só assim poderá ter fé nos homens. Eu sei que estou pedindo muito, mas veja o que pode fazer, caro professor."

Se não estiverem com pachorra para ler o texto, podem assistir o vídeo de Midge Ure, "Breathe":

7 comentários:

Junnior disse...

O texto é maravilhoso e a música também. Recomendo a leitura acompanhada da música.
Vocês se arrepiarão!
Bjaum.

Serginho Tavares disse...

Queria ter tido esses ensinamentos antes erraria menos mas ainda dá tempo...
Sempre dá!
Beijos amor e obrigado pelo texto e pelo vídeo

Amo te

Dona Sra. Urtigão disse...

Se aprendessem o ensinado, mas precisam testar primeiro...

Paulo Braccini - Bratz disse...

sim ... sempre há tempo na vida ...

São disse...

Muitooooo interessante, sim


Amigo, boa semana

Cores da Crise de meia idade! disse...

Um pulo na piscina das palavras certas....Encharquei-me!!!!

Beth/Lilás disse...

Que belo texto! E pode ser mesmo daquele ilustre homem, ele era um sábio, apesar de quando criança ter estudado com muitas dificuldades, mas venceu na vida e formou-se mais tarde em Direito. Um grande homem!
bjs cariocas