quinta-feira, 17 de junho de 2010

IDOSOS EM CASA

Li em notícia recente num jornal português que há mais famílias optando por reterem em casa os seus parentes mais idosos ao invés de os enviarem para lares de terceira idade (nome bonito para asilos).

Será por amor? Será por solidariedade? Será por compaixão? Não! Nada disso! Trata-se apenas de calculismo. Com a desculpa que devido ao aumento do desemprego acaba por sobrar sempre alguém em casa desocupado e com disponibilidade para olhar pelos velhotes, a verdade é que assim sempre se pode contar com as pensões dos idosos para ajudar no insuficiente orçamento familiar.

Egoísmo?! Não creio que seja absoluto egoísmo, mas sim uma permuta pragmática. E desde que não maltratem os velhinhos eles até ficarão contentes de poderem participar da vivência do lar, tanto nas recolhas como nas entregas (entregam as suas parcas reformas em troca da companhia daqueles que amam).

Pois é... a crise instala-se e há que deitar mão a tudo que é oportunidade. Nem que para tal tenhamos de prescindir da nossa comodidade de não ter ninguém dependendo dos nossos cuidados.

Agora já os velhos não são um estorvo, nem as suas fraldas descartáveis uma nojice. Em tempos de crise os velhos tornaram-se uma mais valia.

E esta, hein?!

4 comentários:

Mari disse...

Era pra ser boa a notícia...Mas é a pura verdade mesmo.Esse assunto mt me entristece. O egoísmo do ser humano não respeita nem o sangue. Um dia eu tb vou ficar velhinha, se Deus quiser, e vou querer ser bem lúcida e ter a mínima força para pelo menos cuidar da minha higiene. Qd são totalmente dependentes, na dependência de parentes descuidados, é uma tristeza só :(((

São disse...

A velhice no Ocidente é totalmente desrespeitada e , portanto, tudo se pode esperar quanto ao modo como quem a vive é (des)tratado/a!!

Beijinhos, lindo.

Serginho Tavares disse...

Infelizmente é uma permuta um tanto quanto fria demais pra se aceitar mas... é um fato!

Beijos meu amor

Hürrem disse...

Essa questão dos velhos realmente é complicada e triste...sei disso porque tive minha avó morando em casa conosco a vida toda...por um lado tinhamos que compreende-la, por outro ela era meio tirana com minha mãe muitas vezes....então, eu particularmente, quando ficar velha, vou preferir um lar de velhinhos, assim eu não incomodo ninguém e ninguém me incomoda...fazer o que né? a velhice é um destino que ninguém escapa, só os que morrem jovens....
Um abraço