terça-feira, 22 de junho de 2010

STILL

Há momentos na vida que valem uma eternidade.
O fado é uma experiência impar. Aqui uma interpretação sublime de Gente Da Minha Terra na voz e alma de Mariza.

É meu e vosso este fado
destino que nos amarra
por mais que seja negado
às cordas de uma guitarra

Sempre que se ouve um gemido
duma guitarra a cantar
fica-se logo perdido
com vontade de chorar

Ó gente da minha terra
agora é que eu percebi
esta tristeza que trago
foi de vós que a recebi

E pareceria ternura
se eu me deixasse embalar
era maior a amargura
menos triste o meu cantar

Ó genta da minha terra


Ó genta da minha terra
agora é que eu percebi
esta tristeza que trago
foi de vós que a recebi

2 comentários:

Mari disse...

Que linda voz! E linda letra! :)

Serginho Tavares disse...

Mariza é uma verdadeira estrela!
Amo te