quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

SANGUE, NÃO

O Luís está hospitalizado para ser operado amanhã. Fui ao Hemocentro fazer a minha doação e...

Gente simpática e afável. Dispostos a encontrar soluções para contornar obstáculos. Apenas a lamentar a obtusidade vesga de certas leis e regulamentos.

Logo de início se instalaram dúvidas por eu ser estrangeiro; questionamentos sobre vistos temporários e permanentes, ao que eu lembrei que isso eram questões de polícia e não de saúde que era o que ali interessava. Ok, visto em ordem, o pragmatismo do “se não sabes como é deixa para lá”, seguimos adiante, como eu havia sugerido: o médico de despistagem é que sabe.

Era uma médica, simpática e objectiva, como convém quando lá fora na sala de espera dezenas aguardam a sua vez. Já alertada da minha situação de estrangeiro ela foi logo esclarecendo:

- Eu tenho que recusar a sua doação porque há uma portaria, no Brasil, que proíbe as colheitas de sangue a quem tenha morado mais de cinco anos na Europa. Por causa da febre “das vacas loucas”.

- Então quer dizer que não posso doar sangue nem medula óssea?

- Sangue, não. Mas medula óssea... pode!

- ???

- É que compatibilidade sanguínea é mais fácil de achar. Já o mesmo não se passa com a medula óssea, por isso a lei é mais permissiva nesses casos.

Enfim, agora sei que enquanto viver no Brasil o meu sangue (O Rh negativo) não irá ajudar a salvar nenhuma vida senão a minha. Como doador de sangue, lamento.

8 comentários:

São disse...

Ai, as buricracias....

Beijinho e que tudo corra bem ao Luís.

Serginho Tavares disse...

Eu lamento por isso e porque também fui barrado na doação por causa dessa tal labirintite!
No meu caso eu até entento, mas o seu foi uma grande bobagem porque sinceramente, se irão fazer exames do mesmo jeito...

Beth/Lilás disse...

Eita, quanta ignorância humana!
Enquanto isso, o outro está lá precisando de sangue! Humpf!

Olha, preciso de sua força lá pelo meu blog. Te espero lá, ok.


bjs cariocas

Junnior disse...

Como vc disse no início: "...obtusidade vesga de certas leis e regulamentos."
Ainda bem que medula óssea pode.
???
Enfim, ainda bem.

Glorinha L de Lion disse...

Aff que obtusos...a "burrocracia" desse país chega às raias da loucura! Peça teatral do Ionesco perde! Beijos,

Leika Horii disse...

Te entendo. Não poder doar sangue é mito frustrante, por mais que meu impedimento seja muito mais compreensível.

abraços e melhoras pro Luís!

Clarice disse...

E como funciona isso na Europa? Alguma restrição a estrangeiros?

Mari disse...

Nossa!Que ridículo!