sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

ARROZ E FLORES

"Um sujeito colocava flores no túmulo de um parente quando vê outro colocando um prato de arroz na sepultura ao lado. Ele vira-se e pergunta: 


- Desculpe, mas o senhor acha mesmo que o seu defunto virá comer o arroz? 


- Sim, geralmente na mesma hora que o seu vem cheirar as flores! - respondeu o outro.”


Nota: A publicação de hoje foi possível com a colaboração do meu amigo Orlando, que me enviou este texto que circula na internet.

11 comentários:

Beth/Lilás disse...

Oi, amigo ManDrag!
Isso me passa a mesma sensação quando eu ouço um católico cristão fervoroso achar que Buda ou Alah são seres estranhos. Basta apenas a gente mudar de um polo pra outro neste universo tão amplo.
adorei o texto!
bjs cariocas

Serginho Tavares disse...

Muito bom! Engraçado, delicado e muito para se pensar!

Beijos amor

Suziley disse...

Oi, Mandrag:
Sábia e interessante estória. Arroz e flores. Diversidade de pensamentos e religiões. Eis, aí, a beleza da vida. Maravilhosa percepção, atitude de fé. Gostei. Um bom sábado, bom dia :)

Ramarago disse...

por isso qq q seja a demonstração de afecto é de louvar...

por isso coloquem "ortigas" sobre o meu caixão, que dão um bom espargado!... pena (ou talvez não!) "eu" nessa altura já me encontrar noutra dimensão (que espero mt melhor)... :)-

Paulo Braccini disse...

Sabedoria pura!

;-)

Paulo Braccini disse...

Amigo, o q mais me decepciona é a omissão dos mais interessados ...
Dá tristeza ...
Mas enfim ...

;-)

Lobo disse...

Não é? XD

Costumes podem ser estranhos, mas costumes são costumes, e desde que não atinjam a integridade física ou moral de nada ou de ninguém... porque encrencar?

Um beijo Mandrag?

Clarice disse...

E agora? Tem o lado hilário e o lado filósofo querendo sapatear sobre o tema.
E aquela piada de que cada um chora por onde sente saudade,sabes?
:)
Abração e bom final de semana.

Mari disse...

Basicamente o que nos diz a história: meios diferentes para mesmos fins.

Somos mais parecidos do que imaginamos, pena que muita gente ignora esse fato.

Leika Horii disse...

Muito bom!

Adorei a imagem, em especial.

abraços

Hürrem disse...

Concordo com as palavras da Mari, realmente somos todos muito parecidos, mas as religiões nos dividem...