segunda-feira, 19 de julho de 2010

O QUE PODEREMOS FAZER?

Nesta imagem podemos ver a zona central do território continental de Portugal. Os limites da actual fronteira portuguesa estão definidos pela linha de contorno branca.

Esta poderá ser uma imagem possível desta região em 2100, após a subida do nível médio dos oceanos em 6 ou 7 metros, devido à evolução das alterações climáticas actuais. Um terço do território de Portugal desaparecendo debaixo das águas do Atlântico.

A partir desta imagem proponho a todos que idealizem o mesmo cenário para as diferentes regiões costeiras do globo (nomeadamente as que vós conheceis pessoalmente). Muitas cidades e regiões metropolitanas costeiras de grande densidade populacional desapareceriam do mapa.

Mete medo!

5 comentários:

Serginho Tavares disse...

Recife já teria deixado de existir há muuuuuuuuito tempo!
:(

Paulo Braccini disse...

#tenso

#kimeda

Existem momentos e emoções que não conseguimos traduzir com as palavras. Neste momento quero tão somente registrar o meu muito OBRIGADO ao AMIGO ... vc já é importante para mim ...

bjux

;-)

São disse...

A Terra sempre tem mudado de clima ao logo de toda a sua existência...
claro que seria muito bom que não estivéssemos a ajudar a acelerar o processo, aceito.

Saudades, muitaaaas, de meus tios e um abraço enoooorme meu, meu bem.

Mari disse...

Querido Mandrag, obrigada pelo comentário no meu blog. Sempre com mt bom senso :)

Sim, esta imagem mete medo...Do Rio de Janeiro não sei o que restaria, dá até tristeza de imaginar.

Espero que esteja melhor. Pela volta das postagens, parece que sim.

Beijos

Clarice disse...

Cada um a abocanhar mares, sei não!
Vi que você adotou os mesmos contadores e localizadores de visitantes. Não ficas imaginando o que pessoas de lugares tão insólitos procuravam e o que encontraram no blog que lhes agradou? Será que leram ou só buscaram imagens? Por que não comentaram? Como vivem?
Sei lá, eu sou estranhamente curiosa.
Abração.