domingo, 7 de novembro de 2010

PESCANDO EM ALTO MAR

A minha homenagem aos homens do mar, especialmente aos pescadores, que arriscam as suas vidas para nos proporcionar o prazer desse saudável e nutritivo alimento.










E quem não gosta de peixe é alguém que não está preparado para saber apreciar as dádivas da vida.


"Existem três tipos de homens, os mortos, os vivos e os que andam no mar." Platão

11 comentários:

Serginho Tavares disse...

AS fotos são impressionantes! Viva os pescadores!
Adorei a citação de Platão também!

Beijos amor

António Rosa disse...

ManDrag

O blogue 'LIght' teve a amabilidade de me oferecer o selo 'Dardos' e uma das regras é passá-lo para outros blogues que apreciamos. Por isso, decidi oferecer-lhe o 'Dardos' pelo reconhecimento dos seu ideias pelo seu próprio blogue. Clique aqui para aceder à informação completa.

Abraços,

António

lolipop disse...

Fez-me lembrar duma canção Portuguesa...qualquer coisa como..."...mas não sabem que no mar alto, vento e geada cortam á facada...e vai o barco cheiinho de gente..e vai o barco chamdo traineira..."
Fotos muito belas.
Abraços

Leika Horii disse...

Olha que coincidência, tô lendo "Moby Dick"agora.
abraços

Beth/Lilás disse...

Olha que todo português ou descendente tem esta paixão enraizada pelo mar!
Acho fantástico e admirável este amor, mas confesso que temo muito o mar, respeito demais essa grandiosidade da natureza.
Lindas estas fotos! amei!
bjs cariocas

António Rosa disse...

Meu caro ManDrag,

Hoje decidi homenagear-te no meu blog 'Cova do Urso', tal como tenho feito com outros bloguistas que admiro. Transcrevi, na íntegra, o teu post «Mu», obviamente, com todos os créditos e links devidos.

Aqui

Abraço,

António

Hürrem disse...

Amigo ManDrag,
Muito impressionante as fotos! E como disse o serginho, excelente citaçao de Platao!
Abraços

Lobo disse...

Ai mudeus! Só de pensar que um dia isso vai acontecer comigo fatalmente...

Mas sei lá. Nem tenho muito respeito pelos pescadores. Tá que graças a eles temos peixes pra comer, mas pergunta se eles tem algum respeito pelas normas, se eles poupam qualquer coisa que venha na rede de arrasto? Talvez minha picuinha acaba quando eles começaram a ter um pouco mais de consciência das coisas enquanto pescam. E os ilegais e que fazem mais merda que se afundem e nunca mais voltem. #prontofalei

Beijos!

Mari disse...

Meu vovô é do mar, pescou muito e tirou seu sustento e o da família de meu paizinho com seu barquinho chamado Nero.

As fotos são impressionantes.

E emocionante é a paixão dos portugueses pelo mar.Estou cada vez mais admirando a cultura e história da nossa bela Portugal.

Abraço amigo.

obs: Hürrem disse que eu tava sumida porque eu andei muito "chic". Passei um fim de semana maravilhoso na cidade do Louvré,da Batilla, da cidade que respira cultura...Estou maravilhada até agora.

Clarice disse...

Hoje pela manhã, ao abrir a janela, contei pelo menos 5 barcos de pesca(dos bem crescidos) saindo da enseada para alto mar. Sinal de bom tempo. À noite eles retornam e acendem tantas luzes sobre a água que um incauto poderia pensar que seria um pedaço da cidade. Muito lindo.
Arriscado, com certeza em mares menos calmos.
Abraço e bons ventos.

São disse...

As fotos gelam !!

Quem enfrenta o mar, o fogo e as funduras da Terra são as três profissões que mais admiro e respeito.

Houve voo por sobre o Atlânico.

Um abraço, lindo.