quinta-feira, 30 de setembro de 2010

SORTIDOS

Sadhu do Séc.XXI

Já nem os homens santos escapam da febre da comunicação imediata. Nem os eremitas prescindem dum artefacto das novas tecnologias. Os tempos mudam...!


E se...?

E se as histórias infantis contassem também o romance do “Belo Adormecido e o seu Príncipe Encantado”?


Veneza

Podem invocar que é linda e romântica, mas eu não morava lá. Morar numa casa húmida e bafienta? Nem pensar!!! Que se dane o romantismo!


A verdade e o poder

Os símbolos explicam-nos a vida. A nudez sempre foi um símbolo de verdade e o Vaticano é um símbolo de poder.


Estudante aficionado de anatomia

Cada um com sua mania!

9 comentários:

Paulo Braccini disse...

Amei este post ... diversificado e contundente ... adorável em cada gomo ... suguei até o últimmo

bjux

;-)

São disse...

Gostei destes sortidos: podes repetir, rrss

Um abraço saudoso.

Serginho Tavares disse...

Faço coro com a São: podes repetir!
Beijos

Leika Horii disse...

Adorei essas pequenas doses de diversidade!
- nem consigo escolher um favorito -
bjos

Glorinha L de Lion disse...

Olá amigo, posso chamar-te assim? Adorei essa diversidade de tipos e imagens.
Hoje falei tb numa nova versão, de um antigo contos de fadas. Vou refazer uma série de contos de crianças agora, para adultos. Quem sabe faço um conto homo? Deste-me uma boa ideia!Obrigada por tua visita! vou te seguir. beijos.

Beth/Lilás disse...

Que legal este post!
Diversidade, simbologia, modernidade,
homossexualidade, tecnologia, santidade, tudo faz parte deste nosso mundo, não podemos negar e nem fingir que não existe. Estão aí e temos que nos reposicionar em alguns aspectos e pensamentos.
abraço carioca

Lobo Cinzento disse...

Ah, eu moraria em uma casa úmida e baforenta... e amei a tatuagem de sistema criculatório! Que inveja... ai se eu pudesse fazer uma doidera dessas... XD

Beijos Mandrag!

Clarice disse...

Até que enfim aparece alguém que não consegue se imaginar a cheirar os podres de Veneza. Agora só falta dizer que não acha nenhumagraça na Tour Eiffel! Olé!
Abraço.

lolipop disse...

Olá!
A curiosidade trouxe-me até aqui...
Como gostei, apesar de amar a versão "Corto Maltesiana" de Veneza,venho concerteza espreitar mais vezes.
Ternuras