terça-feira, 7 de setembro de 2010

ENXURRADAS



As imagens foram tiradas por um satélite da NASA (ver aqui) em órbita da Terra e mostram a região de Khewali, no Paquistão, durante as enxurradas que ocorreram no passado mês de Agosto e que devastaram imensas regiões do pais, deixando milhões de pessoas desalojadas e avultados prejuízos económicos.

Na primeira imagem (de 9 de Agosto) já o rio havia transbordado das suas margens e afectado grandes áreas da cidade. A segunda imagem foi captada no dia 12 de Agosto e mostra como a cidade desapareceu debaixo de uma avalanche de lama.

O tempo passou e os noticiários voltaram-se para outras actualidades, mas o drama destas gentes continua.






8 comentários:

São disse...

Meu bem, o fim aproxima-se...e nada se faz par tentar contornar a situação.

Beinhonhs

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Impressionante!
É de assustar.
A natureza se cansou. Tanta agressão...
Aqui no Japão um verão estranhíssimo. Além do calor exagerado, nada de chuvas. E nessa época costuma chover dia sim, dia não.

Eh... novos tempos vindo. Hora de acertar contas.

(amigo, não se preocupe. Qdo não puder ir ao blog, não fique preocupado. Tudo estará lá sempre a sua disposição. Eu tb muitas vezes falharei nas visitas. O tempo não dá pra fazer upgrade né)
bom feriado.

Serginho Tavares disse...

É sempre assim não se fala mais do Paquistão nem do Golfo do México. A tragédia do momento é que merece espaço mas e quanto as pessoas destas tragédias? O que acontece com elas não importa mais?
Parece que não!

Beijos meu amor. Mais um texto fabuloso vindo do homem mais fabuloso do mundo!
Te amo

Guará Matos disse...

No Haití foi a mesma coisa. Deixou de ser notícia e vender, danam-se os ferrados.

Abraços.

Guará Matos disse...

Perdão, Haiti.

Mari disse...

É vergonhoso o descaso. Vivemos como não fosse problema nosso...Uma dia a gente, nossos filhos ou nossos netos pagarão bem caro por isso.

Beth/Lilás disse...

Dizem que o que acontece no Paquistão é uma tsunâmi lenta que a tudo vem destruindo. Um horror!
E o pior é que cai no esquecimento da mídia, assim como a tragédia do Haiti que continua lá até hoje e a nossa própria, pois as pessoas do tal morro do Bumba aqui em Niterói, não foram assentadas ainda e, parece-me, não serão nunca. O prefeitinho daqui resolveu sumir e anunciou logo depois desta tragédia que estava com câncer. Pode??????
abs carioca

Hürrem disse...

Sim ManDrag essas noticias não trazem dinheiro, não vendem jornais..no Brasil o pessoal tá sempre mais interessado nas horrendas edições do Big Brother Brasil, isso sim dá Ibope. Lamentável mesmo. Abraços com amizade