quinta-feira, 5 de agosto de 2010

OU DÁS OU LEVAS

Afecto por coacção?!

Vi nas notícias que os legisladores brasileiros preparam uma lei que penaliza aqueles que abandonam afectivamente os idosos em asilos e lares da terceira idade, impondo-lhes indemnizações por danos morais. O propósito da lei é levar os parentes menos atenciosos a visitarem os seus progenitores e familiares mais velhos nos lares de abrigo, onde os deixaram por não poderem, ou não quererem, tratar deles convenientemente.

As intenções de salvaguarda duma velhice tranquila e digna para os idosos são louváveis. Mas será que eles querem mesmo um falso carinho? Ou um sorriso cínico? Ou quererão mesmo ouvir a cada visita “apenas estou aqui porque sou obrigado”?

Eu não acredito que se ame por coacção. Não acredito que nenhum tipo de afeição possa ser inspirado por constrangimento.

Já falei aqui no blog que em Portugal, devido ao aumento do desemprego, aumentou o número de famílias que optaram por tomar conta dos seus idosos em casa, havendo mesmo casos em que os foram buscar aos asilos. O dinheiro das suas reformas, mesmo sendo pouco, ajuda a compor o orçamento familiar num período de penúria, além de que com mais gente desocupada em casa sempre sobra alguém que possa ajudar os velhinhos nas suas escassas rotinas diárias. Ora parece que o problema está na penúria de recursos, tanto financeiros como humanos. Creio que com horários de trabalho menos sobrecarregados e com melhores salários e pensões de reforma se resolveriam muitos problemas das famílias.

O abandono massivo de idosos em lares e asilos tornou-se uma prática comum nos tempos modernos. Convém perguntar porquê. E reflectir.

PS: para os não-lusitanos a explicação do título. “Ou dás ou levas!” é uma expressão idiomática portuguesa que sugere: “ou fazes o que é esperado ou serás punido!”

3 comentários:

São disse...

É o equivalente à salvação pela fogueiras da Inquisição ou pelos polícias da moral nos países muçulmanos!

Se é , infelizmnete, veradde que muitas pessoas idosas são abandonadas e maltratadas por quem as devia apoiar...quantas vezes se dá o inverso, sem que ninguém disso fale?!

Um abraço.

Serginho Tavares disse...

Este assunto dá mesmo muito pano pra manga como dizem por ai. Existem n mil motivos, mas uso as palavras da querida São quando diz que ninguém olha o outro lado da moeda.

Mari disse...

Outra lei que não soa mt bem...Eita, Brasil!!!

Triste essa dura realidade dos nossos idosos. Poxa, e são mts vezes abandonados por filhos...Não dá pra entender :s