segunda-feira, 23 de agosto de 2010

NÃO ME INTERESSA!

Como dizia o outro: “Really my dear, I don’t give a damn!”

Não quero saber disso para nada! Estou-me nas tintas!

Não me interessa se o padeiro escolheu para votar um político mais corrupto que aquele em que vota o homem do gás. Não quero saber se quem conduz o carro é Jesus, Jeová ou o Génio da Lâmpada. Que tenho eu a ver com o que cada um escolhe para ser burlado ou para se alienar? Eu nada perguntei!

Mas esta gente não conhece o que é privacidade e intimidade? Já não falo do respeito pela privacidade deles, mas a dos outros. A minha! Quando sou constantemente bombardeado por propaganda politica ou religiosa afixada nos carros que passam por mim na rua, é a minha privacidade que está sendo violada. Eu tenho o direito de ficar na ignorância sobre as escolhas de cada um. Não me dizem respeito! Não são da minha conta! Não tenho nada a ver com isso. Não me interessa o que fazem das suas vidas, nem o quão idiotas possam ser!

Passa outro veículo com um autocolante: “Deus é fiel!” Deus é fiel?! Eu sempre ouvi dizer que os aduladores é que deveriam ser fiéis; agora se o adulado passou a subalterno...

Há uma euforia demasiada que perverte todo o sentido primordial das coisas. Todo mundo anseia por espectáculo e promoção pessoal. Todos querem assumir o papel de pequenas estrelas da fama. Mas o único papel que garantem é o de ridículos inconvenientes.

A política é para ser debatida, não para ser vendida como banana em promoção. Assim como a religião é uma experiência de elevação espiritual individual, não é para ser banalizada como um slogan futebolístico. Seria bem melhor que todos ganhassem um pouco de aprumo e deixassem de agir tolamente como se a vida fosse um contínuo carnaval.


Este faz propaganda ao político e ao negócio do político.

Alguns vêm em duplas

Eu antes diria "Valha-me deus!"

O fox do outro, só que ainda não é vermelho.

E no párabrisas em frente ao motorista!...

E para terminar o novo serviço, não de fast-food mas de fast-prayer
Como diria o outro: Espectáculo!

8 comentários:

Guará Matos disse...

Enquanto isso as escolas públicas continuam um caos.

Abraços,

Paulo Braccini disse...

Espetáculo! [2]

Serginho Tavares disse...

Concordo com você e como dizia o outro: "vamos pedir piedade pra essa gente careta e covarde!"

Beijos

Mari disse...

ManDrag, você disse tudo! O seu discurso é perfeito, sem tirar nem por.

Na Turquia o povo irá votar num referendum sobre o qual escreverei no meu blog, e as propagandas políticas são menos agressivas que no Brasil. Mas sabe, incomodam...Incomodam muito!Ai!

Hürrem disse...

ManDrag, vc realmente disse tudo com essas imagens! As pessoas estão banalizando tudo, até a fé não escapa da sede capitalista desse sistema que nos involve e escraviza...as pessoas querem barganhar ate com Deus! Vão para as igrejas somente com o intuito de receber algo material em troca, que Deus lhes apenas a materia..não estão preocupadas em irem para as igrejas para pedirem as unicas duas coisas essenciais: paz de espírito e que possamos nos tornar seres humanos melhores e não esse projeto mal acabado que somos na maioria das vezes... Abraços e parabéns!

Lobo Cinzento disse...

Complementando o Guará:

Enquanto isso, todo o resto continua um caos...

Beth/Lilás disse...

Ah, meu caro ManDrag, isso agride muito a gente!
Se existissem homens na política de peito e sérios, se este país fosse um país sério, não veríamos tanta desordem e poluição urbana.
Aqui pelo Rio está cheio destes fariseus e fazendo cada beseira no trânsito, mas sabe como é, são protegidos, afinal são filhos do Pai Celestial.

Veja o que escrevi a respeito disso há alguns posts atrás:

http://supremamaegaia.blogspot.com/2010/08/o-que-jesus-tem-ver-com-isso.html

um grande abraço carioca

Clarice disse...

Menino! Mas se não fizerem isso como irão ganhar dinheiro para sustentar seus luxos?
Já vi muita frase de caminhão e muita de carro pequeno. A melhor até hoje foi de um colega de profissão. No vidro de seu carro uma palavra: ACORDA!
Abraço.